Ansiedade e depressão estão entre as condições mais comuns, diz pesquisa

Um em cada três pacientes curados da Covid-19 é diagnosticado com distúrbio cerebral ou psiquiátrico, de acordo com um novo estudo publicado na revista “Lancet Psychiatry”.

Segundo a agência de notícias Reuters, a pesquisa, que envolveu 236.379 sobreviventes da infecção, a maioria deles norte-americanos, apontou que 34% apresentaram condições do tipo em um intervalo de seis meses.

Os pesquisadores não conseguiram identificar exatamente como o novo coronavírus se vincula ao desenvolvimento desses quadros, mas constataram que ansiedade e distúrbios de humor como depressão são os mais comuns, com 17% e 14% dos casos respectivamente, enquanto derrame e demência, apesar de mais raros, se manifestam de maneira expressiva entre aqueles que apresentaram quadros graves da doença e tiveram de ser internados em UTIs – com taxas respectivas de 7% e 2% dos casos.

“Nossos resultados indicam que doenças cerebrais e distúrbios psiquiátricos são mais comuns após a Covid-19 do que após a gripe ou outras infecções respiratórias”, declarou um dos autores do estudo, o psiquiatra Max Taquet, da Universidade de Oxford (Reino Unido).

“Embora os riscos individuais para a maioria dos distúrbios tenha sido pequeno, o efeito por toda a população pode ser substancial”, alertou Paul Harrison, professor de Psiquiatria também envolvido no trabalho.

fonte: https://administradores.com.br/noticias/covid-19-um-em-cada-tr%C3%AAs-sobreviventes-desenvolve-problemas-mentais-ou-neurol%C3%B3gicos