Este artigo tem como contribuição principal fazer uma revisão da bibliografia do planejamento estratégico de futuro e evidenciar sua importância para a organização e para a sua sobrevivência ao longo do tempo, e de acordo com este embasamento propor uma ferramenta para que este planejamento seja possível posicionando a organização à frente do mercado e dos competidores.

1 INTRODUÇÃO Este estudo abordará a competência fazendo menção ao planejamento estratégico de futuro e ao posicionamento da organização. Segundo Hamel e Prahalad (1999), no curto espaço de tempo, as vantagens competitivas das empresas derivam de seus atributos de preço e do desempenho de produtos existentes, porém, em longo prazo, a competitividade deriva-se de uma capacidade que será transformada em uma competência, de formar produtos e negócios com menores custos e com maior velocidade do que os competidores. Competência é a base fundamental que possibilita à organização a se diferenciar no mercado e competir pelo futuro, seja com produtos ou seja como serviços, e o planejamento estratégico de futuro precisa conter em sua essência o portfólio de competências que a organização dispõe (HAMEL e PRAHALAD, 1999); (FLEURY e FLEURY, 2004)00

fonte: http://www.administradores.com.br/artigos/marketing/sistematica-para-planejamento-estrategico-de-futuro/102451/