Apenas no segundo quadrimestre deste ano mais de 1,4 milhões de negócios foram abertos no país.

De acordo com informações divulgadas no último boletim Mapa de Empresas, do Ministério da Economia, a recuperação econômica em 2021 realmente segue ganhando forças e reaquecendo o mercado.

Apenas entre maio e agosto deste ano houve um aumento de 26,5% na abertura de empresas em comparação ao mesmo período de 2020, época em que além de poucos registros de novos negócios, houve um aumento considerável entre as empresas que fecharam as portas.

Além do crescimento, foi notado também a redução do tempo médio para o procedimento de abertura de comércios, sendo três vezes menor do que no início de 2019, podendo ser realizado em menos de dois dias, facilitando o processo para aqueles que querem empreender mas tinham receio da parte burocrática.

Analisando por setores, no segundo quadrimestre deste ano foi verificado que 48,2% das empresas ativas correspondem ao setor de serviços, seguido pelo comércio com 33,2% e depois a Indústria de Transformação, com 9,4%.

Em setembro deste ano o número de novas empresas foi de 252,840, demonstrando a confiança do empreendedor nesta nova fase da economia.

fonte: https://www.contabeis.com.br/noticias/49307/saldo-positivo-abertura-de-empresas-aumentou-26-5-entre-maio-e-agosto-de-2021-em-comparacao-ao-mesmo-periodo-do-ultimo-ano/