A queixa da dívida pode ser feita pela empresa credora em um ou mais órgãos, aprenda como conferir se é o seu caso.

O “nome sujo” pode ocorrer quando uma pessoa adquiriu um produto ou serviço, não quitou o débito com a empresa e teve seu nome apontado ou negativado em algum dos órgãos de proteção ao crédito.

Quando a empresa não recebe o pagamento devido, ela entra em contato com órgãos como Serasa, SPC Brasil ou Boa Vista SCPC e registra uma queixa contra o cidadão, que será notificado que seus dados constarão na lista de proteção ao crédito, causando algumas restrições ligadas ao seu nome e CPF, conforme explicamos aqui.

Segundo dados do Serasa, atualmente existem 65,5 milhões de brasileiros inadimplentes com uma dívida média de R$3.937,38, representando que 29,70% do país tem débitos em aberto com alguma instituição, correndo risco de ter o nome negativado. Confira como saber se seu nome consta em alguma dessas listas de restrição.

Consultar negativação no SPC:

No site ou no app do SPC Brasil, selecione a opção “consultar CPF” logo na página inicial. No site, a consulta é paga e o acesso mais barato tem custo de R$ 16,90 por CPF consultado.

No aplicativo, a consulta é gratuita e não gera relatórios ou dados mais completos como quem verificou seu CPF nos últimos seis meses.

Como consultar no Serasa:

Basta acessar o site do Serasa, selecionar “consultar dívidas” e realizar um cadastro com dados pessoais.

Com o cadastro concluído, o novo usuário terá acesso a página de Score do Serasa, indicando qual sua pontuação e se seu nome está negativado ou não. Esse acesso é gratuito.

fonte: https://www.contabeis.com.br/noticias/47765/saiba-como-conferir-se-seu-nome-esta-sujo-no-spc-ou-serasa/