Estudo indicou que facilidade ao crédito e satisfação com o lucro operacional estão relacionados à melhoria no período.

A Confederação Nacional da Indústria (CNI), divulgou nesta segunda-feira (8), o resultado do terceiro trimestre de 2021 para os pequenos empresários industriais, período que resultou em um saldo positivo com média de 48,3 pontos.

O Índice de Desempenho do Setor varia de 0 a 100 e quanto maior o valor, melhor a evolução da categoria. O valor de 48,3 foi alcançado levando em consideração as indústrias extrativas, de transformação e construção.

O resultado alcançado foi 1,8 pontos acima do segundo trimestre deste ano e 5 pontos acima da média histórica, analisada desde 2012. Em relação à parte financeira das pequenas indústrias, o faturamento não mudou muito, com uma elevação de apenas 0,3 pontos, passando para 42,6. O aumento é mais significativo se comparado ao mesmo período de 2020, marcando elevação de 0,7 pontos.

Segundo os pesquisadores do estudo da CNI, a melhora financeira está relacionada às iniciativas de melhoria no acesso às linhas de crédito e a satisfação com o lucro operacional. 

Eles afirmam no estudo que em um contexto de reestruturação das empresas após o período atípico da pandemia, as medidas implementadas pelo governo federal, como o Programa Nacional de Apoio às Microempresas de Pequeno Porte (Pronampe) , contribuem para essa melhora. 

fonte: https://www.contabeis.com.br/noticias/49351/pesquisa-aponta-que-pequenas-industrias-no-pais-tiveram-desempenho-e-faturamento-positivo-no-3o-trimestre/