Agora, Banco Central vai analisar caso a caso, com base em critérios como número e tipo de clientes, serviços oferecidos e uso de canais digitais.

O Banco Central fez uma mudança em março que permite agora que bancos sejam dispensados da estrutura do Open Finance, iniciativa que pretende aumentar a competitividade no sistema financeiro. 

A princípio, para determinados serviços do Open Banking, era obrigatória a participação de todas as instituições que detêm contas. 

Agora, o BC vai analisar caso a caso, com base em critérios como número e tipo de clientes, serviços oferecidos e uso de canais digitais.

A dispensa é um pleito de parte do setor financeiro, principalmente de bancos de atacado, e, embora não seja considerada necessariamente negativa para efetividade do Open Banking, ficou “oculta” na edição da norma.

À época, o BC destacou apenas a mudança de nomenclatura de Open Banking para Open Finance e a necessidade de estrutura definitiva de governança.

Open Banking e Open Finance

Em meio às inovações da tecnologia dos últimos anos, o Open Banking está ajudando a mudar o sistema bancário. Mas os brasileiros ainda têm muitas dúvidas sobre o que é o sistema e como pode facilitar o dia a dia.

O economista João Esposito explica como funciona o Open Banking, como ele vai influenciar diretamente na sua vida e nos seus negócios, e as diferenças do Open Finance. Dê o play!

fonte: https://www.contabeis.com.br/noticias/51820/banco-central-pode-dispensar-bancos-de-participacao-no-open-banking/